Monthly Archives

setembro 2018

Destaque, Geral,

PSIQUIATRA VEM A PRESÍDIO DA CAPITAL AVALIAR AGRESSOR DE BOLSONARO

Um psiquiatra vêm a Campo Grande para avaliar Adelio Bispo de Oliveira, preso desde o dia 6 de setembro por esfaquear o candidato a presidente Jair Bolsonaro (PSL). O profissional foi contratado pela própria defesa do suspeito para fazer um laudo técnico de sanidade mental, que embasará um novo pedido de exame para a justiça.
Desde o dia 8 de setembro, Adélio está no Presídio Federal em Campo Grande. Ele foi trazido à Capital após passar por audiência de custódia e ter a prisão em flagrante convertida em preventiva.
Logo após a prisão, a defesa de Adélio protocolou na 3ª Vara da Justiça Federal em Juiz de Fora o pedido para que o cliente fosse submetido a um teste de sanidade mental. O pedido foi negado pelo juiz Bruno Savino, que afirmou na decisão não haver “elementos de informação que sustentem a existência de dúvida relevante e plausível sobre a higidez mental do investigado”.
No entanto, o juiz autorizou à defesa o acesso de médico de sua confiança ao custodiado, para que a produção de laudo técnico com o poder de subsidiar um novo pedido para o exame de sanidade mental.
Ao Campo Grande News, o advogado Zanone Manuel de Oliveira Júnior explicou que o psiquiatra vai “disponibilizar um parecer técnico sobre a situação de Adélio”. Dependendo do resultado, o documento servirá de base para que a justiça autorize um “exame oficial”.
O laudo técnico será feito pelo psiquiatra paulistano Hewdy Lobo Ribeiro, que segundo a revista Crusoé, aceitou fazer o exame voluntariamente. Ainda conforme o advogado, a previsão é que a visita do profissional ao Presídio Federal de Campo Grande aconteça ainda essa semana. “Deve acontecer amanhã”, detalhou Zanone.
No Presídio Federal, segundo o Depen (Departamento Penitenciário Nacional), Adélio está isolado em uma ala destinada a réus colaboradores, protegidos pela Justiça ou com risco a integridade física.
O investigado é submetido a um rotina rígida, a mesma imposta a todos os internos, principalmente aos que acabam de ingressar. Nos 10 primeiros dias, Adélio ficou em uma cela individual, de 7 metros quadrados, com direito a duas horas de banho de sol, mas sem contato com outros internos. No período de adaptação, às visitas são proibidas, a não ser dos advogados.
Na unidade, os internos são monitorados 24 horas por dia por sistema de conta com ao menos 200 câmeras.
Fonte: CGNews
Destaque, Geral, Política,

Bolsonaro e Haddad empatam no 2º turno, diz Ibope

Os candidatos Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT), que empatam no segundo turno, segundo o Ibope (Adriano Machado/Reuters – Nelson Almeida/AFP)

Os candidatos à Presidência da República Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT), que lideram as pesquisas de opinião no primeiro turno, empatam no segundo turno com 40% das intenções de voto cada um, segundo pesquisa Ibope divulgada nesta terça-feira.

O petista subiu quatro pontos porcentuais em relação ao levantamento anterior, feito em 11 de setembro. Ele tinha 36%. Já o candidato do PSL manteve os 40% da pesquisa anterior.

Assim como acontece com Haddad, Bolsonaro também empata na simulação de segundo turno com Ciro Gomes (PDT) e Geraldo Alckmin (PSDB).

Ciro tem 40% e Bolsonaro, 39%. Como a margem de erro é de dois pontos porcentuais, eles estão tecnicamente empatados. Em relação à pesquisa anterior, o candidato do PDT manteve os 40%, e o do PSL oscilou dois pontos para mais.

No cenário com o ex-governador de São Paulo, Bolsonaro e o tucano possuem 38% cada um. O candidato do PSL oscilou um ponto porcentual para mais e Alckmin manteve os 38%, em relação ao levantamento da semana passada.

Bolsonaro vence no segundo turno apenas Marina Silva (Rede). O militar reformado tem 41% das intenções de voto, contra 36% da ex-senadora. Eles estavam empatados no levantamento anterior com 38% cada um.

A pesquisa Ibope foi feita entre 16 e 18 de setembro, e ouviu 2.506 eleitores em 177 municípios. Contratada pela TV Globo e pelo jornal O Estado de S. Paulo, ela tem nível de confiança de 95%. O levantamento foi registrado na Justiça Eleitoral sob o número BR-09678/2018.