Monthly Archives

maio 2018

Geral,

Sindjufe-MS apoia Projeto de Lei que enquadra assédio moral como improbidade administrativa

A nova diretoria do Sindjufe-MS (Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário Federal e Ministério Público da União em Mato Grosso do Sul) quer a aprovação, em regime de urgência, do Projeto de Lei (PL 8.178/2014) em tramitação no Congresso Nacional, que enquadra o assédio moral contra servidor público como ato de improbidade administrativa. Ou seja, imputa penalidades contra essas pessoas que promovem essa pressão negativa e maldosa sobre colegas de trabalho.

Empossada no final de abril, a nova diretoria do Sindjufe-MS vê com muita preocupação a questão do assédio moral nas repartições públicas federais de Mato Grosso do Sul, pois trata-se de um problema muito sério e de difícil comprovação na prática, porque ocorre, na maioria dos casos, de maneira íntima e pessoal entre as partes (agressor e agredido), dificultando, assim, o levantamento de dados estatísticos sobre o assunto.

“Normalmente a pessoa assediada se retrai, se recolhe num mundo silencioso. Não reage sequer para partilhar com alguém”, explica Ivonete Martini, Coordenadora de Comunicações do sindicato. Diante disso, segundo ela, a entidade pretende criar a Comissão Permanente de Prevenção e Combate ao Assédio Moral para trabalhar o assunto em todo o Estado.

“Precisamos conquistar a confiança dos colegas e agir de maneira muito discreta para não prejudicá-los ainda mais”, explicou Ivonete. Depois da criação dessa comissão o sindicato fará ampla divulgação nas repartições públicas para que os dois lados (agressor e vítima) saibam que a entidade estará vigilante e pronta para a ação com rigor e dentro da lei.

CAUSAS E EFEITOS

O assédio moral é a exposição do servidor a situações humilhantes e constrangedoras, de forma repetitiva, direcionada e prolongada durante a jornada de trabalho. A sua prática causa danos à saúde emocional, física e mental, levando o servidor a afastamentos para tratamento médico. A questão é muito grave e precisa ser de fato resolvida.

O Sindjufe-MS lembra inclusive que este mês de maio é considerado o mês de combate e prevenção ao assédio moral em todo o país. A nova diretoria da entidade pretende fazer desse assunto uma de suas principais bandeiras de luta em meio aos servidores públicos que representa. “Vamos trabalhar muito para reverter esse quadro para que nossos colegas possam trabalhar com segurança e tranquilidade no dia a dia”, afirmou o coordenador jurídico da entidade, Demontiê Macedo.

LUTA

Outra medida do Sindjufe-MS sobre o assunto será trabalhar politicamente pela aprovação do projeto de enquadramento do assédio moral como ato de improbidade administrativa. A entidade aproveitará toda oportunidade para pressionar deputados federais e senadores para não só saírem favoráveis a esse projeto como também para que colaborem o mais rapidamente possível pela aprovação de outras matérias de interesse da categoria assim como dos demais trabalhadores, tanto da iniciativa pública como privada. “Não tem como fugirmos da política, pois o que está em jogo é o nosso futuro. Precisamos sim trabalhar de todas as formas para que os parlamentares eleitos não penalizem os trabalhadores com projetos irresponsáveis”, argumenta o coordenador executivo Celso Neves.

Fonte: DouradosAgora.

Geral,

Os smartphones podem substituir as agências bancárias?

Os bancos britânicos hoje enviam, a cada segundo, mais de 16 alertas por mensagens de texto, uma indicação do quanto dependemos cada vez mais atualmente dos smartphones do que de computadores para cuidar de nosso dinheiro.

Cerca de 512 milhões de alertas foram emitidos no ano passado para avisar às pessoas que seu salário havia sido depositado ou que suas contas estavam entrando no vermelho, de acordo com um relatório do UK Finance, órgão que representa as empresas do setor financeiro do Reino Unido.

O documento The Way We Bank Now (Como Usamos o Banco Hoje, em tradução livre do inglês) aponta para o papel crescente de novas tecnologias em nossas finanças pessoais: em 2017, foram mais de 5,5 bilhões de acessos a aplicativos bancários, um aumento de 13% em relação ao ano anterior.

Esses serviços bancários móveis são mais populares entre os mais jovens, com 59% daqueles com idades entre 16 e 24 anos e 69% daqueles entre 25 e 34 anos afirmando usar seus celulares para esse fim. Em comparação, quase metade (49%) do público acima de 65 anos ainda prefere o computador.

Celular x computador

Esses números foram divulgados um dia após a consultoria CACI prever que mais consumidores britânicos farão operações bancárias pelo celular do que pelo computador já no início de 2019.

Serão 47% dos usuários, em comparação com 41% atualmente, enquanto 36% ainda preferirão fazer transações por um site tradicional, abaixo dos 42% de hoje.

Em 2017, 22 milhões de pessoas gerenciaram suas contas pelos telefones conectados. A CACI prevê que esse número chegará a 35 milhões – 72% da população adulta britânica – em 2023.

A consultoria diz que, a essa altura, os clientes só visitarão uma agência bancária duas vezes por ano, em comparação com cinco visitas anuais hoje.

A CACI também afirma que o aumento do uso de aplicativos bancários será ainda mais intenso em áreas rurais e cidades menores, devido à frustração dos consumidores com problemas no acesso à banda larga disponível para os computadores.

Mais funções, menos agências

Inicialmente, aplicativos só permitiam que as pessoas checassem seu saldo e as transações mais recentes, mas, agora, podem ser usados para operações mais complexas, como agendar pagamentos e fazer transferências.

A tecnologia também está mudando a forma como os extratos são apresentados. Alguns já informam quando pagamentos regulares e pendentes serão feitos e como afetarão o saldo da conta.

“Com tantas novas funcionalidades, os aplicativos estão se tornando a opção preferencial do cliente. Prevemos que, em 2019, mais usuários acessarão suas contas pelo celular do que pelo site”, disse a CACI.

Isso significa que os bancos irão rever a localização e o número de agências, seguindo uma tendência já em curso, com as principais redes do Reino Unido fechando agências nos últimos anos e novos planos nesse sentido anunciados recentemente.

Fonte: G1

Geral,

Estudantes têm até quarta-feira para pagar taxa de inscrição no Enem

Após o término das inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), às 23h59 de sexta-feira (18), os estudantes têm até a próxima quarta-feira (23) para pagar a Guia de Recolhimento da União (GRU). Os alunos de escolas públicas são isentos do pagamento. Para os demais, o valor da taxa é de R$ 82 e pode ser pago em agências bancárias e dos Correios, internet banking e lotéricas.

No caso dos concluintes do 3º ano do ensino médio da rede pública, o sistema de inscrição dará a isenção automaticamente, mesmo que o candidato tenha se esquecido de solicitá-la antes.

Até as 23h, mais de 6 milhões de candidatos estavam inscritos para a prova do Enem. O balanço final é aguardado para qualquer momento.

O Enem, além de avaliar o desempenho dos estudantes de escolas públicas e particulares do ensino médio, é uma ferramenta que ajuda na seleção de candidatos a ingressar no ensino superior e a ter acesso a programas do governo federal como o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), Programa Universidade para Todos (ProUni) e Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

As provas do Enem serão aplicadas em dois domingos, nos dias 4 e 11 de novembro. Os resultados serão divulgados em janeiro.

Fonte: Agência Brasil

Geral, Polícia,

Operação da PF apura desvio de verbas da Educação em 3 estados e em Brasília

A Polícia Federal deflagrou hoje (09) uma operação que investiga desvio de recursos do governo federal para a educação, especificamente para a compra de merenda escolar, uniformes, material didático e outros, em 30 municípios dos estados de São Paulo, Paraná e Bahia, além do Distrito Federal.

Segundo as investigações, cinco grupos criminosos agiam em prefeituras, por meio de lobistas, direcionando licitações. São cumpridos, hoje, 154 mandados de busca e apreensão, além de afastamentos preventivos de agentes públicos e suspensão de 29 contratos de empresas suspeitas.

CGU identifica 65 contratos suspeitos

Há indícios do envolvimento de 85 pessoas, sendo 13 prefeitos, quatro ex-prefeitos, um vereador, 27 agentes públicos não eleitos e 40 pessoas da iniciativa privada. A Controladoria Geral da União (CGU) identificou, ao longo das investigações, 65 contratos suspeitos, cujos valores ultrapassam R$ 1,6 bilhão.

A operação tem o nome de Prato Feito. As medidas foram expedidas pela 1ª Vara Criminal Federal de São Paulo e pelo Tribunal Regional Federal da 3ª Região. O inquérito foi instaurado em 2015, quando o Tribunal de Contas da União descobriu fraudes em licitações de fornecimento de merenda escolar em diversos municípios paulistas.

Os investigados poderão responder pelos crimes de fraude a licitações e associação criminosa e corrupção ativa e corrupção passiva, com penas que variam de 1 a 12 anos de prisão.

Fonte: paginabrazil

Brasil, Geral,

Ibama apreende madeira suficiente para carregar mil caminhões

O Ibama apreendeu 7.387 toras, o equivalente a cerca de 15 mil metros cúbicos de madeira, extraídas ilegalmente da Terra Indígena (TI) Pirititi, em Roraima. É a maior apreensão registrada no estado.

Durante monitoramento de rotina, realizado a partir de imagens de satélite, agentes ambientais federais verificaram indícios de desmatamento ilegal na região. Sobrevoo realizado em seguida comprovou o corte para exploração de madeira.

As estradas de acesso à TI Pirititi, em Rorainópolis, haviam sido bloqueadas por infratores para impedir a aproximação da fiscalização por terra. Os agentes ambientais percorreram 18 quilômetros a pé para chegar ao local do desmatamento, que atingiu 1.372 hectares. Entre as toras apreendidas foram identificadas espécies como massaranduba, cupiúba, angelim ferro e angelim pedra.

“A área desmatada é de extrema sensibilidade ecológica. A região abriga espécies de fauna e flora ainda desconhecidas”, disse chefe da Divisão Técnico-Ambiental do Ibama em Roraima, Diego Bueno. Em 2011, a Fundação Nacional do Índio (Funai) confirmou a presença de índios isolados na TI Pirititi, que tem 43 mil hectares. Na ocasião, o acesso à região foi interditado, o que proíbe qualquer tipo de exploração econômica.

Segundo o coordenador-geral de Fiscalização do Ibama, Renê Oliveira, a nova frente de exploração ilegal de madeira identificada no sul de Roraima foi interrompida a tempo de impedir o avanço e a consolidação do desmatamento. “No primeiro momento, o infrator realiza o corte seletivo. Com isso, ele se capitaliza para a realização do corte raso mais adiante. Ao final, quando o terreno já está completamente desmatado, a área é transformada em pasto”, disse o coordenador-geral.

A equipe de fiscalização investiga os responsáveis pelo roubo de madeira na TI Pirititi. As informações reunidas serão encaminhadas ao Ministério Público Federal (MPF) e à Polícia Federal (PF) para apuração no âmbito criminal.

Fonte: Assessoria de Comunicação do Ibama

Geral, Polícia, Rondonópolis,

Veículo roubado em Rondonópolis é recuperado pela PRF na BR 163

A apreensão ocorreu por volta das 17h desta quinta-feira (03), no km 575 da rodovia BR 163, distrito de Congonhas (Bandeirantes/MS).

Policiais da PRF realizavam fiscalização de rotina quando abordaram um Ford/KA com placas de   Belo Horizonte/MG, conduzido por um adolescente de 17 anos, que demonstrou nervosismo exacerbado. Diante da situação, os policiais realizaram vistoria nos sinais identificadores do veículo e constataram que as placas eram falsas e era produto de roubo.

O Ford/KA foi roubado em Rondonópolis/MT no dia 06 de abril deste ano, e segundo o adolescente seria entregue em Campo Grande/MS.

O adolescente foi apreendido e a ocorrência encaminhada à delegacia de polícia civil de Bandeirantes.

Fonte: PRF/Coxim

Destaque, Geral, interior,

Identificado homem encontrado morto dentro de carro na fronteira

O homem encontrado morto dentro de um carro na manhã de hoje (3) em Ponta Porã, a 323 km de Campo Grande, foi identificado como Carlos Ariel Riquelme Vera, 26, o “Carlitos”, cidadão de nacionalidade paraguaia que morava do outro lado da fronteira, em Pedro Juan Caballero.

Carlitos estava no banco do passageiro de um Voyage prata com placa de São Paulo, deixado com o motor ligado na noite de ontem na Rua Maria Trindade de Oliveiral, no bairro Julia Cardinal. O corpo tinha vários ferimentos, mas não havia sinais de tiros e foi encontrado por volta de 7h de hoje, após vizinhos chamarem a polícia.

Ao Campo Grande News, o delegado Patrick Linares, da 2ª Delegacia de Polícia, responsável pela área onde o corpo foi encontrado e que atendeu a ocorrência, não é possível ainda afirmar que os ferimentos provocaram a morte.

Vizinhos viram o veículo parado no local por volta de 23h de ontem. Na manhã de hoje, os moradores perceberam que o carro continuava no mesmo lugar com o motor ligado e que havia uma pessoa deitada no banco do passageiro.

A Polícia Militar foi chamada e constatou que o homem estava morto. A perícia da Polícia Civil fez os levantamentos. Carlitos tinha ferimentos no rosto e no corpo e ao lado havia um papelote de pasta-base de cocaína.

Na fronteira, pessoas que conheciam Carlitos afirmam que ele trabalhava para um traficante da região. O tio dele, apontado como pistoleiro, tinha sido morto há dois anos.

Camapuã, Destaque, Geral,

Por intermédio do Prefeito Delano Huber, Almir Sater fará show em Camapuã

O Prefeito Delano Huber, juntamente com o Presidente da Assembleia Legislativa Júnior Mochi e o Governador do Estado Reinaldo Azambuja, por meio da Fundação de Cultura de MS, trazem para Camapuã um dos melhores shows, dentro do cenário sertanejo.

As conversas para que o show fosse realizado, iniciaram no começo de 2018. O Prefeito se reuniu com a comissão organizadora da festa do padroeiro e desta reunião foi enviado um ofício endereçado ao Presidente da Fundação de Cultura do Estado e para o Governador Reinaldo Azambuja.

Em reunião do Prefeito com Reinaldo, o Governador confirmou que a Fundação de Cultura atendeu ao pedido e o cantor fará sua apresentação em Camapuã no dia 23 de junho, dentro da programação da festa do Padroeiro São João Batista.

“É um esforço nosso, juntos com as autoridades para que o show fosse viabilizado por meio do Governo do Estado. Agradeço ao Governador Reinaldo, ao Deputado Júnior Mochi e a todos os envolvidos”, disse o Prefeito.

A trajetória musical de Almir Sater, sempre foi marcada por grandes feitos, Dentre os quais, no início dos anos 80, em conjunto com Paulo Simões, o maestro e violinista Zé Gomes, iniciou uma comitiva que explorou o Pantanal. Com diversos registros fotográficos sobre o modo de vida dos pantaneiros, de maneira poética, virou um documentário, em 1985, denominado “Comitiva Esperança, uma viagem ao interior do Pantanal”.

Também obteve grande destaque ao aceitar convites para representar personagem de violeiro em novelas como “Pantanal” e “Rei do Gado”, além de Ana Raio e Zé Trovão e Bicho do Mato.

A tradicional festa do Padroeiro, São João Batista, em Camapuã é realizada todos os anos pela comunidade católica. A prefeitura é parceira e neste ano estará repassando um valor financeiro para ajudar nos custos da festa.

Destaque, Geral, Política,

PSDB terá independência para definir alianças em MS, diz Reinaldo

Independentemente das alianças nacionais, o PSDB em Mato Grosso do Sul tem total liberdade para fechar a chapa e coligações para as eleições 2018. “Não necessariamente as alianças locais serão iguais à nacional, porque as parcerias não necessariamente se repetem nos Estados”, afirmou o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) durante agenda pública na manhã desta quarta-feira (2).

O chefe do Executivo, que deve tentar a reeleição, comentou que o partido está negociando com o DEM e também com o MDB, os partidos mais assediados pelo PSDB nacional. “Sim estamos conversando, o PSDB está fazendo esta condução. Teremos um grupo com tradicionais aliados nesta campanha”, adiantou.

O MDB tem como pré-candidato ao governo de Mato Grosso do Sul o ex-governador André Puccinelli e o DEM deve ao menos lançar candidato ao Senado, além de entrar na disputa pelos cargos de deputado estadual e federal.

O governador resumiu dizendo que a tendência é que o cenário nacional se repita em Mato Grosso do Sul, mas que não há compromisso.

Fonte: Anahi Zurutuza e Leonardo Rocha.